quarta-feira, 15 de novembro de 2017

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Ê POVINHO BUNDA


 Quase a metade dos deputados são herdeiros de familiares cujo poder político, em alguns casos, remonta ao período colonial

 O QUE ESPERAR DE UM POVO QUE MESMO SOFRIDO, HUMILHADO E ROUBADO TODOS OS DIAS CONTINUA A COLOCAR PICARETAS NO PODER. COMO PODEMOS PEDIR O FIM DA CORRUPÇÃO, IMPUNIDADE E FALCATRUAS SE CONTINUAMOS A COLOCAR ESSA CORJA PARA PILHAR O PAÍS ?

SERÁ QUE TEMOS MESMO O DIREITO DE RECLAMAR ?
O QUE LEVA AS PESSOAS A VOTAREM NESSES CARAS ?
AS PROVAS, PRISÕES E DENÚNCIAS DIÁRIAS NÃO SÃO SUFICIENTES ?
SERÁ QUE ACREDITAM MESMO NA INOCÊNCIA DELES ?

LEIA MAIS :
  https://www.cartacapital.com.br/politica/as-dinastias-da-camara
http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/herdeiros-de-politicos-ocupam-metade-da-camara/


Confira abaixo lista dos deputados federais e senadores eleitos que têm grau de parentesco com outros políticos:
Acre
- Gladson Cameli (PP): eleito senador, é sobrinho do ex-governador do estado Orleir Cameli
- Jéssica Sales (PMDB): eleita pela primeira vez deputada federal, é filha do prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales
- César Messias (PSB): eleito pela primeira vez deputado federal, é primo do ex-governador do Acre, Orleir Cameli
- Flaviano Melo (PMDB): reeleito deputado federal, é filho do ex-deputado estadual Raimundo Melo, e irmão do ex-deputado federal constituinte José de Melo.
Alagoas
- Arthur Lira (PP): reeleito deputado federal, é filho do atual senador e ex-deputado federal Benedito de Lira.
- Maurício Quintella Lessa (PR): reeleito deputado federal, é primo do ex-governador de Alagoas e atual deputado federal eleito, Ronaldo Lessa.
- Pedro Vilela (PSDB): eleito pela primeira vez deputado federal, é neto do ex-senador e ex-vice governador do estado Teotônio Vilela e sobrinho do atual governador de Alagoas, Teotônio Vilela Filho.
- João Henrique Caldas (SD): filho do deputado federal João Caldas.
Amazonas
- Atila Lins (PSD): reeleito deputado federal, é irmão do deputado estadual Belarmino Lins.
- Arthur Bisneto (PSDB): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do prefeito de Manaus e ex-senador Arthur Virgílio Neto.
Amapá
- Cabuçu (PMDB): eleito pela primeira vez deputado federal, é primo do senador Gilvam Borges.
Bahia
- Lúcio Vieira Lima (PMDB): reeleito deputado federal, irmão do ex-ministro, ex-deputado federal e senador eleito pela Bahia, Geddel Vieira Lima.
- Mário Negromonte Jr. (PP): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do ex-deputado federal e ex-ministro das Cidades no governo Dilma Rousseff, Mário Negromonte.
- Félix Mendonça Jr. (PDT): reeleito deputado federal, é filho do ex-deputado federal Felix de Almeida Mendonça.
- Cacá Leão (PP): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do deputado federal e vice-governador eleito, João Leão.
- Jutahy Junior (PSDB): reeleito deputado federal, é filho do ex-vice-governador da Bahia Jutahy Borges Magalhães e neto do ex-governador do Estado, Juracy Magalhães.
- Paulo Magalhães (PSD): reeleito deputado federal, é sobrinho do ex-senador Antônio Carlos Magalhães.
Ceará
- Domingos Neto (Pros): reeleito deputado federal, é filho do deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Domingos Filho, e primo do ex-vice-prefeito de Icó (CE), Fabrício Moreira.
- José Guimarães (PT): reeleito deputado federal, é irmão do ex-deputado federal e ex-presidente do PT José Genoíno.
Goiás
- Ronaldo Caiado (DEM): eleito senador, é neto do ex-senador Antônio Ramos Caiado e sobrinho do ex-senador Enival Caiado.
- Daniel Vilela (PMDB): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do ex-governador, ex-senador e atual prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela.
- Lucas Vergílio (SD): eleito pela primeira vez deputado federal, filho do deputado federal e atual candidato a vice-governador do estado, Armando Vergílio.
- Marcos Abrão Roriz (PPS): eleito pela primeira vez deputado federal, é sobrinho da senadora Lúcia Vânia.
Maranhão
- Roberto Rocha (PSB): eleito senador, é filho do ex-governador Luís Rocha.
- Sarney Filho (PV): reeleito deputado federal, é filho do senador e ex-presidente da República, José Sarney, e irmão da ex-senadora e atual governadora do estado, Roseana Sarney.
- Juscelino Filho (PRP): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do ex-prefeito do município de Vitorino Freire, Juscelino Rezende.
- João Marcelo (PMDB): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do ex-governador e atual senador, João Alberto.
Mato Grosso
- Carlos Bezerra (PMDB): reeleito deputado federal, é marido da ex-deputada federal Teté Bezerra;
- Fábio Garcia (PSB): eleito deputado federal, é neto do ex-prefeito de Cuiabá e ex-governador Garcia Neto.
Mato Grosso do Sul
- Simone Tebet (PMDB): eleita senadora, é filha do ex-presidente do Senado, Ramez Tebet. Ramez também foi governador de Mato Grosso do Sul.
Minas Gerais
- Brunny (PTC): eleita pela primeira vez deputada federal, é esposa do deputado estadual Hélio Gomes.
- Dâmina Pereira (PMN): eleita pela primeira vez deputada federal, é mulher do ex-prefeito de Lavras Carlos Alberto Pereira;
- Raquel Muniz (PSC): eleita pela primeira vez deputada federal, é mulher do prefeito de Montes Claros, Ruy Adriano Borges Muniz.
- Caio Narcio (PSDB): eleito pela primeira vez deputado estadual, é filho do ex-deputado federal Narcio Rodrigues;
- Paulo Abi-Ackel (PSDB): reeleito deputado federal, é filho do ex-ministro da Justiça e ex-deputado federal, Ibrahim Abi-Ackel.
- Bilac Pinto (PR): reeleito deputado federal, é filho do ex-deputado da UDN mineira Olavo Bilac Pinto, que também foi ministro do Supremo Tribunal Federal.
- Newton Cardoso Junior (PMDB): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do deputado federal Newton Cardoso.
- Gabriel Guimarães (PT): reeleito deputado federal, é filho do ex-deputado federal Virgílio Guimarães (PT)
- Misael Varella (DEM): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do deputado federal Lael Varella.
- Marcelo Álvaro Antônio (PRP): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do ex-deputado federal Álvaro Antônio Teixeira.
Pará
- Elcione Barbalho (PMDB): reeleita deputada federal, é esposa do ex-senador, ex-deputado e ex-governador do estado, Jader Barbalho.
- José Priante (PMDB): reeleito deputado federal, é primo do ex-senador, ex-deputado e ex-governador do estado Jader Barbalho.
- Julia Marinho (PSC): eleita pela primeira vez deputada federal, é mulher do deputado federal Zequinha Marinho.
Paraíba
- Pedro Cunha Lima (PSDB): eleito deputado federal, é filho do senador Cássio Cunha Lima e neto do ex-vereador e prefeito de Campina Grande (PB), ex-deputado estadual, ex-deputado federal, ex-senador e ex-governador do estado Ronaldo Cunha Lima;
- Veneziano (PMDB): eleito deputado federal, é filho do ex-deputado federal Antônio Vital do Rêgo e da deputada federal Nilda Gondim e irmão do ex-deputado federal e atual senador Vital do Rêgo.
- Hugo Motta (PMDB): reeleito deputado federal, é neto do ex-deputado federal Edvaldo Motta e da ex-deputada estadual e prefeita de Patos Francisca Motta (PMDB) e filho de Nabor Wanderley, ex-prefeito de Patos e candidato a deputado estadual.
- Efraim Filho (DEM): reeleito deputado federal, é filho do ex-senador Efraim Morais.
- Wilson Filho (PTB): reeleito deputado federal, é filho do ex-deputado federal e ex-senador, Wilson Santiago.
Paraná
- Zeca Dirceu (PT):  reeleito deputado federal, é filho do ex-deputado federal e ex-ministro da Casa Civil José Dirceu.
- Sandro Alex (PPS): reeleito deputado federal, é irmão do ex-deputado estadual e atual prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel.
Pernambuco
- Bruno Araújo (PSDB): reeleito deputado federal, é filho do ex-deputado federal Eduardo Araújo.
- Sebastião Oliveira (PR): eleito deputado federal, é primo do deputado federal Inocêncio Oliveira.
- Fernando Coelho Filho (PSB): reeleito deputado federal, é filho do ex-deputado federal e senador eleito Fernando Bezerra Coelho e sobrinho do ex-deputado federal Clementino Coelho.
- Betinho Gomes (PSDB): eleito deputado federal, é filho do prefeito de Jaboatão dos Guararapes.
- Kaio Maniçoba (PHS): eleito deputado federal, é filho da prefeita do município de Floresta (PE).
Piauí
- Rejane Dias (PT): eleita deputada federal, é mulher do senador e governo eleito, Wellington Dias.
- Rodrigo Martins (PSB): eleito deputado federal, é sobrinho do governador Wilson Martins.
Rio de Janeiro
- Clarissa Garotinho (PR): eleita pela primeira vez deputada federal, é filha do ex-governador e ex-deputado federal Anthony Garotinho.
- Leonardo Picciani (PMBD): reeleito deputado federal, é filho do deputado estadual Jorge Picciani, ex-presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.
- Marco Antônio Cabral (PMDB): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.
- Felipe Bornier (PSD): reeleito deputado federal, é filho do ex-deputado federal e prefeito de Nova Iguaçu, Nelson Bornier.
- Cristiane Brasil (PTB): reeleita deputada federal, é filha do ex-deputado federal Roberto Jefferson, delator do mensalão do PT.
- Aureo (SD): reeleito deputado federal, é primo do deputado estadual Jorge Moreira Theodoro.
- Rodrigo Maia (DEM): reeleito deputado federal, é filho do ex-prefeito do Rio de Janeiro César Maia.
- Soraya Santos (PMDB): eleita pela primeira vez deputada federal, é mulher do deputado federal Alexandre Santos;
- Marcelo Matos (PDT): reeleito deputado federal, é irmão do prefeito de São João de Meriti, Sandro Matos.
Rio Grande do Norte
- Walter Alves (PMDB): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do senador licenciado e atual ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves;
- Felipe Maia (DEM): reeleito deputado federal, é filho do senador José Agripino Maia;
Rafael Motta (Pros): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta;
- Fábio Faria (PSD): reeleito deputado federal, é filho do ex-deputado estadual e atual vice-governador do estado, Robinson Faria;
- Zenaide Maia (PP): eleita pela primeira vez deputada federal, é irmã do deputado federal João Maia e mulher do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Francisco Cláudio Pinto Pinho;
- Betinho Segundo (PP): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do deputado federal Betinho Rosado.
Rio Grande do Sul
- Luiz Carlos Busato (PTB): reeleito deputado federal, é filho do ex-prefeito de Canoas Luiz Jeronymo Busato.
- Nelson Marchezan Júnior (PSDB): reeleito deputado federal, é filho do ex-deputado federal e ex-presidente da Câmara dos Deputados Nelson Marchezan.
Márcio Biolchi (PMDB): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do ex-deputado estadual Osvaldo Biolchi.
- Covatti Filho (PP): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do ex-deputado federal Vilson Covatti e filho da deputada estadual reeleita Silvana.
Rondônia
- Marinha Raupp (PMDB): reeleita deputada federal, é mulher do senador Valdir Raupp.
Santa Catarina
- Cesar Souza Jr. (PSD): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do ex-deputado federal Cesar Souza.
Celso Maldaner (PMDB): reeleito deputado federal, é irmão do senador Casildo Maldaner.
São Paulo
- Bruno Covas (PSDB): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do ex-governador Mário Covas;
- Baleia Rossi (PMDB): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do ex-ministro da Agricultura Wagner Rossi.
- Bruna Furlan (PSDB): reeleita deputada federal, é filha do ex-prefeito de Barueri e ex-deputado federal Rubens Furlan;
- Carlos Zarattini (PT): reeleito deputado federal, é filho do ex-deputado federal Ricardo Zarattini Filho.
- Ricardo Izar (PSD): reeleito deputado federal, é filho do ex-deputado federal falecido, Ricardo Izar (PTB).
- Nilto Tatto (PT): eleito pela primeira vez deputado federal, é irmão do ex-deputado federal, Jilmar Tatto.
Sergipe
- Valadares Filho (PSB): reeleito deputado federal, é filho do senador Antônio Carlos Valadares.
- Fábio Mitidieri (PSD): eleito pela primeira vez deputado federal, é irmão do deputado estadual Luiz Antônio Mitidieri.
Tocantins
- Professora Dorinha (DEM): reeleita deputada federal, é esposa do ex-vereador de Palmas, Fernando Rezende.
- Dulce Miranda (PMDB): eleita pela primeira vez deputada federal, é esposa do governador eleito Marcelo Miranda.
- Vicentinho Junior (PSB): eleito pela primeira vez deputado federal, é filho do senador Vicentinho Alves.
- Irajá Abreu (PSD): reeleito deputado federal, é filho da senadora Kátia Abreu (PMDB).

Ê POVINHO BUNDA

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

AIRTO MOREIRA - MISSA ESPIRITUAL (VÍDEO)



Natural de Santa Catarina, Airto mudou-se para Guarapuava com um ano de idade e, posteriormente, para Ponta Grossa, onde aprendeu canto, piano, violino, bandolim e teoria musical; em 1956, mudou-se para Curitiba.
Em 1962 integrou o Sambalanço Trio, juntamente com César Camargo Mariano e Humberto Cláiber. Entre 1966 a 1969 integrou o Quarteto Novo com Theo de Barros, Heraldo do Monte e Hermeto Pascoal e, no fim dos anos 1960, mudou-se para os Estados Unidos. Lá participou da gravação do álbum Bitches Brew de Miles Davis. na faixa Feio, que definitivamente o colocou no cenário da música internacional. Junto de sua esposa, a cantora Flora Purim, gravou vários álbuns e coproduziu diversos de seus trabalhos.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

ARÁBIA SAUDITA VAI PERMITIR QUE MULHERES PASSEM A DIRIGIR


A Arábia Saudita anunciou nesta terça-feira que vai passar a permitir que as mulheres possam conduzir, terminando com a polemica proibição que se tornou um símbolo global da repressão feminina naquele país ultraconservador.

A mudança vai ter efeitos já a partir de junho de 2018, anunciou a televisão estatal, ao mesmo tempo que decorria um evento em Washington, que realçou os danos que a proibição provocou à reputação internacional do reino da Arábia Saudita, ao mesmo tempo que espera que a medida beneficie as relações internacionais com outros países.

A Arábia Saudita é uma monarquia que segue a lei islâmica, assim como as deliberações de vários oficiais sauditas e representantes religiosos que, ao longo de dezenas de anos, basearam a proibição das mulheres conduzirem no fato de ser "inapropriado" e que os homens não saberiam como agir se vissem uma mulher a conduzir no carro ao lado.

Outros oficiais sauditas argumentaram que permitir que as mulheres conduzissem levaria à promiscuidade e resultaria no colapso da família e até que o ato da condução danificaria os ovários das mulheres (sem no entanto ter apresentado qualquer prova desta afirmação).

Há muito que era pedido  levantamento da proibição, naquele que era o único país do mundo que ainda não deixava que as mulheres conduzissem. O processo de reforma foi levado a cabo nos últimos anos pelo príncipe Mohammed bin Salman, de 23 anos, que tem levado a cabo várias mudanças na lei saudita para melhorar o reino a nível econômico e social.

Em termos econômicos, espera-se que a medida motive mais mulheres a trabalhar fora de casa, por não precisarem de contratar motoristas privados. Não está para já estipulado como vai ser feito o acesso às mulheres às aulas de condução, uma vez que as atuais infraestruturas não estão preparadas para dar resposta a um crescimento exponencial dos pedidos de cartas de condução.

leia mais : http://opiniaoenoticia.com.br/internacional/mulheres-na-arabia-saudita-uma-vida-de-opressao/

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

A LENDA DA PERNA CABELUDA


A Perna Cabeluda é um lenda urbana originada na cidade de Recife (em Pernambuco) na década de 70. Essa lenda se espalhou por todo nordeste ganhando suas próprias versões em cada estado.

A origem  desta lenda envolve a história de um vigilante descrita pelo do escritor Raimundo Carrero  e sua divulgação ao radialista Jota Ferreira.  Afirma se que no programa de rádio foi divulgado o caso de um vigilante noturno que teria encontrado uma perna peluda debaixo de sua cama. A nota foi passada ao radialista pelo escritor Raimundo Carrero, cuja a brincadeira dizia que após uma noite de ronda, o guarda havia encontrado uma perna cabeluda debaixo da cama onde a esposa dormia, denotando que seria de um amante.

Porém a notícia foi interpretada pela população como uma criatura assombrosa em forma de perna animada e vários boatos de populares sobre a aparição foram relatados. Estes relatos geralmente diziam sobre ataques noturnos dentro de casas, onde a perna se escondia em guarda-roupas e debaixo de camas ou até mesmo surpreendendo pessoas nas ruas. Os ataques consistiam de chutes, joelhadas e pisadas, mas a perna fugia rapidamente dos locais em grandes pulos.

Estes ataques foram assuntos de alguns folhetos de cordel como "A Perna Cabeluda" de Tiúma e São Lourenço de José Soares,  "A Véia debaixo da cama e a Perna Cabeluda" de José Costa Leite e "A terrível história da Perna Cabeluda" de Guaipuan Vieira.
De tão popular, a Perna figurou em shows de Chico Science & Nação Zumbi, onde Chico dançava com uma perna de pano estufada que era lançada à plateia.